certo e errado

Você já discutiu com outra pessoa sobre quem está certo? Claro que sim, né? Mas já parou para pensar por que fez isso?

O que tem de tão importante na opinião do outro que te incomoda e te faz perder tanto tempo tentando convence-lo de que a sua opinião é a correta?

A resposta está na dúvida!

Na dúvida que você mesmo tem da sua opinião, dos seus próprios valores.

Quando nascemos, entramos em contato com uma grande variedade de possibilidades e caminhos a serem seguidos. Mas qual caminho é o melhor? Ou ainda, qual caminho é o correto? Você irá encontrar uma resposta para esta questão de acordo com o modo que foi criado. Mas uma coisa eu posso te garantir: Esta resposta será incongruente.

Como assim incongruente?

Quer dizer que estas respostas que você obteve sofrerão ataques pelo resto da sua vida.

Se você aprendeu que o certo é comer com garfo e faca, que a sobremesa vem depois da refeição e que tais roupas são apropriadas para tal lugar, o que você pensa quando encontra alguém comendo feijão com açúcar, com a mão e de pijama na rua? E imagine só como você se sentiria se aprendesse que é errado comer chocolate, passasse a vida toda sem comê-lo, resistindo a esta tentação e um dia as pessoas começassem a comer chocolate nas ruas desenfreadamente. O que você faria? Você conseguiria deixar uma vida inteira de valores pra trás e comeria o chocolate? Não é fácil assim, né? É menos angustiante criticar este hábito de comer chocolate, não?

O outro incomoda

E pior, o que conseguimos ver na maioria das vezes é só o produto de teorias elaboradas que você já nem sabe de onde vieram, mas que para você são mais sólidas que aço.

Quando chegamos ao campo da religião, a batalha se agrava. Muitos morrem em guerras “salvadoras”, mas ninguém aceita a existência do outro deus. Existe um Deus, que está em todo lugar, mas não podem existir vários Deuses em vários lugares.

Não estou falando que um ou outro está certo. Estou falando que todos podem estar certos, errados, ou o mais difícil de lidar, parcialmente certos…

Enquanto o outro existir, haverá a angustiante dúvida.

Agora…

“Se eu provar que o outro está errado, estarei certo.”

Não é?

25 de setembro de 2012
O outro incomoda

Por que o outro te incomoda tanto?

Você já discutiu com outra pessoa sobre quem está certo? Claro que sim, né? Mas já parou para pensar por que fez isso? O que tem […]